Após videoconferência nesta segunda-feira, os clubes do Campeonato Inglês votaram e, de forma unânime, acertaram o retorno aos treinamentos nesta terça-feira à tarde, ainda em pequenos grupos. Esse é mais um passo importante para a retomada da Premier League, que havia sido autorizada pelo governo britânico na última quinta-feira. A decisão teve o respaldo de jogadores, técnicos, médicos dos clubes, consultores independentes e autoridades inglesas.

– A saúde e o bem-estar de todos os participantes são as prioridades da Premier League, e o retorno seguro aos treinamentos é um processo com um passo de cada vez – declarou a liga inglesa, em nota.

Os jogadores precisarão seguir as regras de distanciamento social e não será permitido o contato físico durante os treinos. Protocolos médicos do “mais alto nível” terão de ser obedecidos para garantir a segurança de todos nas atividades. A liga inglesa e as autoridades britânicas ainda estudam o desenvolvimento de protocolos para os treinos coletivos.