Amazonino afirma que Manaus sediará o melhor torneio da história da Copa Libertadores Feminina - Portal CM7 - Notícias de Manaus e Amazonas


Amazonino afirma que Manaus sediará o melhor torneio da história da Copa Libertadores Feminina

Postado por Marcus Barros - 12/06/2018 16:07    

Foto CM7 / Ediel Pinho

Amazonas – O governador Amazonino Mendes garantiu que o Estado do Amazonas não vai poupar esforços para promover o melhor torneio da história da Copa Libertadores da América de Futebol Feminino. Manaus foi anunciada, na última segunda-feira, 11, como a sede da competição internacional, marcada para acontecer entre os dias 4 e 18 de novembro desse ano.

Na manhã desta terça-feira, 12, durante entrevista coletiva de imprensa, na sede do governo, bairro Compensa II, zona oeste, o governador demonstrou toda a sua admiração pelo crescimento da equipe amazonense de futebol feminino de Iranduba (município a 25 quilômetros de Manaus), que ganhou projeção nacional e atualmente está na Série A do Campeonato Brasileiro.

Diante de mais de 20 atletas amazonenses medalhistas em 2018, tanto em competições nacionais quanto internacionais, o governador lembrou que foram os atletas do estado que o inspiraram, lá atrás, a fazer a primeira Vila Olímpica da América do Sul, construção que lhe valeu uma premiação internacional, entregue pela Associação Internacional de Atletismo, na cidade de Sevilha, na Espanha.

Competição – Pela primeira vez na história da competição, o Brasil será sede da Copa Libertadores feminina de futebol. Além de atletas de países como Argentina, Colômbia e Paraguai, a capital amazonense vai receber atletas do Santos (campeão brasileiro de 2017), do Audax (campeão da Libertadores do ano passado), além do time de Iranduba. A Arena da Amazônia será um dos palcos para os jogos da Libertadores feminina.

Para o secretário de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), Manoel Almeida, a escolha de Manaus como sede da competição internacional mostra o prestígio do time amazonense de Iranduba no cenário nacional. Além disso, pesa o fato da capital do Amazonas já ter recebido, com êxito, jogos da Copa do Mundo de 2014 e das Olímpiadas de 2016.

O secretário explicou que o estado vai constituir uma força tarefa – chefiada pela gestora das praças desportivas, Monica Figueiredo – para que os ajustes necessários para recebermos os jogos da competição sejam feitos o mais breve possível. “Nós temos praças desportivas adequadas para receber a competição e aquilo que for recomendação da Conmebol e CBF nós iremos tratar”, destacou o titular da Sejel. A expectativa do Governo do Estado é que Manaus receba um público acima das 250 mil pessoas durante a competição.

Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie nas Últimas Notícias
 
Aplicativo da Rádio CM7