O Flamengo adquiriu mais um “aliado” no combate ao coronavírus. Trata-se do PortCov, sistema de desinfeção desenvolvido para aumentar a segurança preventiva ao Covid-19. O aparelho, desenvolvido em Portugal, tem previsão de chegada ao Rio de Janeiro em junho e será instalado no CT do Ninho do Urubu.

O pórtico, além de medir a temperatura dos colaboradores, desinfeta roupas, sapatos e mãos, o que auxiliará na prevenção ao contágio do coronavírus.

– Este projeto surgiu da ideia ajudar toda a sociedade no combate à Covid-19. O aparelho, portanto, foi desenvolvido pensando em todas entidades, não apenas no futebol – afirmou Hugo Azevedo, administrador da PortCov, ao L!.

O Flamengo foi o primeiro clube a adquirir o PortCov, mas já há outros clubes de Portugal interessados no equipamento. Assim como no Brasil, o futebol no país do Mister Jorge Jesus está paralisado por conta da pandemia da Covid-19

Veja, no vídeo abaixo, como funciona o PortCov: 

Fonte: Lance