Quando a quarentena terminar em São Paulo, a bola laranja poderá voltar a quicar progressivamente nas quadras. A Federação Paulista de Basquete (FPB) publicou um protocolo com orientaçãoes e medidas de prevenção contra o novo coronavírus (covid-19) para que os jogos da modalidade possam retornar com segurança, quando isso for autorizado por autoridades públicas. As recomendações de proteção são voltadas a atletas, profissionais da modalidade e torcedores.

O protocolo, publicado ontem (26) no site da entidade, estabelece uma série de condições para as competições possam ser realizadas nos ginásios dos clubes. Entre elas, o documento limita a presença de público à 30% da capacidade do ginásio. Os assentos individuais deverão estar demarcados com uma distância segura (não especificada) entre eles, evitando assim a probabilidade de transmissão do novo coronavírus.

Já os jogadores, árbitros e outros profissionais envolvidos na partida terão de usar máscaras. Caberá ainda ao clube mandatário providenciar álcool gel 70% para que fique à disposição dos oficiais de mesa e de quadra. 

O Campeonato Paulista de Basquete costuma começar em agosto e é considerada a liga regional mais importante do país, tanto a disputa masculina, quanto a feminina. O protocolo da FPB não menciona datas e deixa claro que as orientações “não substituem nem sobrepõem as recomendações médicas e sanitárias estadual ou municipais”.

Ontem (26) o governo do estado de  São Paulo prorrogou a quarentena até 15 de junho – inicialmente terminaria no próximo domingo (31 -, porém foi anunciado também que haverá flexibilização e volta da atividade econômica nas regiões menos afetadas pela pandemia.

Com informações da Agência Brasil