Mundo Curioso- Um sacerdote hindu foi preso após decapitar um homem e oferecê-lo como “sacrifício pelo fim da pandemia do coronavírus”. O crime ocorreu na na semana passada no templo de Brahmani Devi, em Cuttack (estado de Odisha, Índia), de acordo com o “Gulf News”.

Segundo a polícia, Sansari Ojha, de 72 anos, estava sob efeito de álcool e maconha quando decapitou Saroj Kumar Pradhan, de 52, para agradar a uma deusa hindu. Pouco antes do crime, os dois tiveram uma acalorada discussão sobre comida, o que pode ter contribuído para o desfecho violento.

O detetive Ashish Kumar Singh comentou que, pela versão do sacerdote, a deusa lhe apareceu num sonho solicitando que ele sacrificasse uma vida humana para que o mundo pudesse se livrar do coronavírus.

A polícia não acredita que a motivação tenha sido religiosa.

A Índia já registrou 167,4 mil casos de Covid-19, com quase 5 mil mortes.

Tags: