A informação analisada pela Lupa é falsa. A filmagem original não mostra o suicídio de um  “grande empresário” do setor hoteleiro depois de demitir os funcionários. O vídeo, gravado em agosto de 2015, mostra uma mulher ganesa cometendo suicídio depois de descobrir que estava sendo traída pelo marido com a própria mãe

De acordo com o Daily Mail, a mulher encontrou a mãe e o marido tendo relações sexuais na cama do casal. Mais tarde, ela descobriu que gravidez da mãe também era fruto da traição. A mulher morreu dias depois no hospital.

Ou seja, o vídeo não mostra o suicídio de um empresário depois de demitir funcionários. Apesar de o caso ter ocorrido há quase cinco anos, o conteúdo foi compartilhado nesta terça-feira (7) dando a entender que teria acontecido em meio a pandemia de Covid-19. Atualmente, um dos principais assuntos em debate no mundo é o efeito da queda na atividade econômica durante o período de isolamento.

Veja o vídeo 

Fonte LUPA – Folha de São Paulo