Leonardo Fierro professor da Boas Novas e assessor do dep.Roberto Cidade, chama Blogs e Portais de Manaus de prostitutas - Portal CM7 - Notícias de Manaus e Amazonas
Manaus - Amazonas - 11:43
16 de Junho de 2019



Leonardo Fierro professor da Boas Novas e assessor do dep.Roberto Cidade, chama Blogs e Portais de Manaus de prostitutas



Manaus- Uma aluna do professor Leonardo Fierro, também assessor do Deputado Roberto Cidade, denunciou ontem que o professor em sala de aula chamou os Blogs e Portais do Amazonas de chantagistas e prostitutos. Desrespeitando quem está por trás dos portais e blogs de Manaus. Veja na integra os que relatou o professor:

Procurado por um dono de Portal o professor relatou o seguinte:

“Bom dia, meu parceiro!! Bom, felizmente já nos conhecemos há quase 15 anos e me sinto muito a vontade para conversar contigo sobre isso. Sou professor da pós graduação da Faculdade Boas Novas, há 3 anos, e neste módulo Agenda Setting, discutimos como as redes sociais digitais podem pautar os assuntos dentro da sociedade. Em um dos momentos fazemos uma reflexão de como os portais, blogs e sites fazem a abordagem de assuntos e como isso influencia a opinião pública. Já digo há algum tempo: o futuro da Comunicação está no mundo digital e procuro incentivar os meus alunos q eles se prendam menos em buscar vagas de emprego na imprensa tradicional e empreender nessa área. Não há como negar que existe um claro posicionamento de quando um blog recebe patrocínio de governo, por exemplo, para um que não recebe. Nós vivemos isso no nosso dia a dia. Você conhece essa realidade até mais do que eu, já que preside uma associação e por isso citei seu nome. Sobre valores cobrados, a prostituição existe sim, já q recebi proposta de blogs que queriam cobrar até 500 reais pra postar notícias do deputado. Não sei o que a aluna te falou, mas tenho plena ciência do que falei. A prostituição jornalística é algo que digo q existe há mais de 10 anos, época q nem existia tantos blogs como hj. E ela existe a partir do momento q um jornalista aceita fazer assessoria pra uma empresa em troca de entrada liberada, tratamento estético, roupa e por aí vai. Mas é a escolha de cada profissional e cabe a mim, enquanto facilitador do conhecimento, eu apresente a realidade de mercado. Baseado no que estou falando aqui, existe alguma fala que não condiz com a verdade? E sobre a divulgação do deputado eu distribuo o material para mais de 200 pessoas e claro q eu não espero q todos publiquem. Até pq são 24 deputados, 41 vereadores, dezenas de secretários municipais e estaduais, prefeitos, governador, senadores enfim… nenhum site conseguiria dar conta de tanto material produzido. Sempre agradeço aos amigos que publicam os meus releases e aos que não publicam, eu entendo tranquilamente. No mais, esse é o meu posicionamento. E se em 9 anos de docência universitária (tendo passado dois anos pelo curso de jornalismo da Nilton Lins, três anos pelo curso de jornalismo da Faculdade Boas Novas e mais três na pós graduação da mesma faculdade) pela primeira vez sou “acusado” de falar mal de A ou B, mostra apenas que o entendimento equivocado da aluna distoa da realidade.” Leonardo.

 

Deixe seu like:

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA