Brasil – Fazer sexo com menos frequência pode levar a menopausa precoce, sugere um novo estudo divulgado pela CNN. As mulheres que relataram ter atividade sexual semanalmente tinham 28% menos hipótese de ter menopausa precoce do que aquelas que faziam sexo menos de uma vez por mês.

E aquelas que fizeram sexo mensalmente tiveram uma probabilidade 19% menor de menopausa precoce do que aquelas que fizeram sexo menos de uma vez por mês.

Apesar de o estudo não ter analisado o motivo do vínculo, os autores julgam que os sinais físicos do sexo podem sinalizar ao corpo de que existe a possibilidade de engravidar. Mas para as mulheres de meia-idade que não fazem sexo frequentemente, uma menopausa precoce pode fazer mais sentido em termos biológicos.

“Se não reproduzir, não adianta ovular, é melhor usar essa energia noutro lugar”, disse Megan Arnot, principal autora do estudo, citada pelo mesmo jornal. Isto porque durante a ovulação, a mulher está mais susceptível a doenças uma vez que o sistema imunitário está comprometido.

Fonte R10