Ex-atacante de Flamengo, Fluminense e Vitória, Tuta foi vítima de um assalto na última sexta-feira (12), na Barra da Tijuca, no Rio. Ele levava suas duas filhas para a escola quando foi abordado por dois criminosos armados em uma moto. Tuta perdeu o carro, mas teve que se mostrar calmo para salvar as filhas dos bandidos. A mais velha saiu normalmente pelo banco carona. A mais nova, no entanto, estava presa na cadeirinha, com tranca, utilizadas por bebês.

“Estou levando minhas filhas para o colégio, batendo papo no carro. Eu encosto, e quando olho para minha filha escuto uma batida muito forte no vidro. Tomo um susto. Aí eu vi a arma, um cara com uma arma muito grande. Falei: “Calma, só quero tirar minhas filhas”, disse Tuta, em entrevista à Record. Enquanto os bandidos já tentavam levar o carro, Tuta forçou entrada no carro para destravar as portas de trás, que não seriam abertas por fora caso ele não houvesse apertado o botão.

Assim que conseguiu destrancar, correu em volta do carro, tirou a trava da cadeirinha e pegou a filha mais nova pelo braço. Neste momento, o bandido já arrancava com o veículo, mesmo com a criança sem estar totalmente no colo do pai. (Galáticos online)