Entretenimento – A expectativa é de que essa onda de frio atue sobre o Brasil entre os dias 18 e 23 de agosto. No dia 24, a parte mais intensa da onda de frio já está sobre o mar e afastada do continente, o que vai permitir a elevação da temperatura.

No Brasil, o resfriamento intenso da onda de frio começa a ocorrer no Sul do Brasil e em Mato Grosso do Sul no dia 19 de agosto, quarta-feira. Mas a atuação mais ampla e intensa desta onda de frio sobre o Brasil será nos dias 20, 21 e 22 de agosto de 2020.

Além do Brasil, esta onda de frio provoca frio intenso na Argentina, no Uruguai, Paraguai, Bolívia e em parte do Peru.

Todos os anos ocorre pelos menos uma onda de frio muito forte na América do Sul, mas esta massa polar será especialmente forte e abrangente para agosto.

No Brasil, a influência desta onda de frio muito forte será sentida com diferentes graduações nos estados do Sul, do Sudeste, do Centro-Oeste, Rondônia, Acre, sul do Amazonas. O vento frio desta enorme massa polar deve ser suavizar o calor até no extremo sul do Pará e do Tocantins. Algum efeito deve ser sentido também em parte da Bahia.

Há condições para nevar em áreas dos Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e do Paraná nos dias 20 a 21 de agosto.

Deve gear em áreas do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e do Paraná, Mato Grosso do Sul e São Paulo.

Confira a explicação da meteorologista sobre a atuação desta forte onda de frio sobre o Brasil

Fonte: Climatempo