Manaus – O Festival Passo a Paço começa nesta quinta-feira (5) no Centro Histórico de Manaus e se prolonga até o domingo (8). Em cumprimento às regras da portaria nº 011/2014, da Secretaria de Estado da Segurança Pública, que regula a realização de grandes eventos no Estado, a Prefeitura de Manaus divulga as normas de segurança a serem adotadas durante os quatro dias.

A medida prevê maior segurança ao público que for prestigiar a sexta edição do festival. Neste ano, a estrutura do Passo a Paço disponibilizará três acessos para o evento, que irão contar com equipes de segurança que farão identificação e controle do público. A entrada é gratuita e menores de 12 anos só poderão entrar acompanhados dos pais ou responsáveis.

Objetos que, de alguma forma ameacem o público presente no evento, como armas de fogo, armas de arremesso, armas brancas e materiais cortantes ou perfurantes estão proibidos de adentrar no Passo a Paço, assim como não será permitida a entrada de guarda-chuvas com hastes metálicas, tubos de bandeiras, tubos em aerossol (como desodorantes), seringas, capacetes, skates, extintores, entre outros.

Não será permitida, ainda, a entrada de cadeiras e/ou bancos, pois são considerados materiais contundentes. A entrada de garrafas ou quaisquer objetos de vidro também não será permitida, sendo liberada somente a entrada de bebidas em itens de plástico em quantidade limitada para uso pessoal. Os objetos proibidos serão retidos na entrada, sem devolução.

Para garantir a segurança do público, haverá apoio dos bombeiros militares e civis, da Polícia Militar, Guarda Municipal e segurança particular.

Estrutura

O Passo a Paço 2019 ocupará uma área de 45.400 metros quadrados dentro do Centro Histórico de Manaus. Ao todo, serão 200 banheiros químicos disponibilizados em pontos estratégicos. Além disso, essa edição ganhará novos pontos de bares, passando de seis (em 2010), para dez, sendo seis de 60 metros quadrados cada e quatro de 10 metros quadrados.

Os dois palcos principais terão as medidas de 20 metros por 20 metros, equivalentes à média de palcos de grandes festivais como Villa Mix, Lollapalooza e Rock in Rio. Ao todo, o Paço a Passo 2019 terá mais de 30 horas de programação. Mais de sete secretarias da Prefeitura de Manaus estão envolvidas.

Ações

Pela terceira vez consecutiva, o Fundo Manaus Solidária participará com um estande do Passo a Paço, localizado em frente ao prédio do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), entre a avenida 7 de Setembro e a rua Governador Vitório. No estande, a população poderá conhecer um pouco mais sobre as atividades desenvolvidas pelo Fundo Manaus Solidária e se informar sobre como fazer parte da campanha #ManausSolidária, que auxilia pessoas em situação de risco social.

Zona Azul

O sistema Zona Azul, direcionado para a organização e democratização do fluxo de estacionamento de veículos no centro de Manaus, não funcionará na quinta-feira, 5, e domingo, 8/9. Já na sexta, 6, funcionará das 8h às 18h, e no sábado, das 8h às 17h. As vagas de estacionamento regulamentadas pelo Zona Azul, demarcadas por sinalização, estão disponíveis na avenida Eduardo Ribeiro e nas ruas 10 de Julho, Barroso, Henrique Martins, Rui Barbosa, 24 de Maio, Costa Azevedo, Marçal, Dona Libânia, Monsenhor Coutinho, Tapajós, Lobo D’Almada, Joaquim Sarmento, José Clemente, Ramos Ferreira, Frei Lourenço e Ferreira Pena.

Confira abaixo a lista de objetos proibidos, segundo a Portaria de Grandes Eventos do Estado:

  • Armas de fogo;
  • Armas de arremesso;
  • Armas brancas;
  • Armas destinadas a projetar substâncias tóxicas, asfixiantes e corrosivas;
  • Materiais contundentes ou perfurocontundentes, cortantes ou perfurantes;
  • Guarda-chuvas com hastes metálicas;
  • Tubos de bandeiras em material contundente;
  • Substâncias ou engenhos explosivos ou pirotécnicos;
  • Tubos em aerossol contendo quaisquer substâncias;
  • Garrafas, copos, pratos, e quaisquer outros materiais de vidro e alumínio;
  • Dardos;
  • Martelos;
  • Seringas;
  • Extintores;
  • Capacetes;
  • Quaisquer materiais que venham ameaçar a segurança do público presente.