Manaus- O apresentador Sikêra Jr. foi condenado a pagar R$ 300 mil a modelo trans Viviany Beleboni após chamá-la de “raça desgraçada”. Na ocasião, Sikêra exibiu em seu programa uma imagem da modelo ao falar sobre um crime cometido por um casal de lésbicas.

Ainda na decisão, o juiz determinou que a imagem da modelo seja retirada da reportagem publicada no Youtube. A decisão ainda cabe recurso.


Beleboni ficou conhecida por representar Jesus Cristo crucificado em uma Parada do Orgulho LGBTQI+ no ano de 2015.