Josiane (Agatha Moreira) cometerá dois
assassinatos seguidos em A Dona do
Pedaço. Após matar Jardel (Duio Botta), a
lha de Maria da Paz (Juliana Paes) será
chantageada pelo namorado do
mordomo. Ele exigirá dinheiro para não
escancarar seu caso com o padrasto. Os
dois vão se encontrar no alto de um
prédio, e ela o jogará do terraço.

O mordomo da casa da boleira agrará Josiane aos beijos com Régis (Reynaldo
Gianecchini) na nova mansão da patroa. Ele fará uma foto para extorqui-la e
mandará a prova do romance para o celular do seu namorado, Lucas (o nome do ator
não foi divulgado).

O personagem de Duio Botta acabará morto. Ele será empurrado por Josiane para
ser atropelado por um trem nos trilhos do metrô. A assassina ainda fugirá com a
bolsa de dinheiro que daria ao mordomo. Lucas acabará preso como suspeito de
cometer o crime.

Dias depois, ele conseguirá comprovar seu álibi: um programa com um homem
casado. Ao sair da cadeia, ele ouvirá uma mensagem de voz enviada por Jardel
antes de morrer.

“Eu disse que a gente ia tirar o pé da lama. Eu descobri que a Josiane, filha da minha
patroa, Maria da Paz, tem um caso com o Régis, o padrasto. Fiz uma foto que tô
mandando pra você. Sei que a Josiane vai pagar muito dinheiro por essa foto. Vou
passar o telefone dela pra gente se proteger. Se algo der errado comigo, você se
vinga”, falará o mordomo no áudio.

Atestado de burrice

Lucas ligará para Josiane e marcará um encontro em um shopping. Ele arrumará um
cartão para ela entrar no prédio de um amigo sem ser vista.
No roteiro entregue à produção, o autor Walcyr Carrasco pede para o ator que
interpretará Lucas alegar que a vilã não pode entregar o dinheiro para ele em local
público porque teme ser incriminado por chantagear uma assassina.
“Acha que eu sou burro, idiota? O que vão pensar vendo um cara como eu pegando
dinheiro de você? Eu vou te dar um endereço. É um prédio que conheço bem. É um
que também funciona como hotel. É um entra e sai. Eu trouxe um cartão pra
você”, falará o rapaz.
Ele dirá que é o cartão do elevador. “Assim é seguro, ninguém ficará sabendo. A gente
se encontra no terraço do prédio. Cê me paga e dou o celular”, dirá Lucas.
Na hora da entrega do dinheiro, Josiane se desesperará ao ouvi-lo disparar: “Quando
uma coisa tá no celular, pode ser reproduzida pra sempre. Eu tenho você na mão.
Esse dinheiro aqui é só o começo. Vou querer muito mais”.
Josiane, então, empurrará o chantagista do alto do prédio. Ela sairá e ainda
comentará a tragédia com a recepcionista. “Que aconteceu?”, questionará. “Um cara
caiu de lá de cima”, responderá a mulher. “Se matou, coitado?”, indagará a assassina.
“Não sabemos… A polícia é que vai dizer”, responderá a funcionária.
As cenas vão ao ar entre os próximos dias 12 e 13 na novela das nove.