Dr Pet – A Agência de Vida Selvagem da Califórnia, nos EUA, monitora os passos de diversos animais protegidos, por meio de coleiras com GPS que eles colocam quando resgatam algum para lhes dar tratamento médico, dentre outras coisas.

Entre esses animais estava uma loba cinzenta, que começou a ser rastreada em outubro de 2017. Ela recebeu a coleira em Oregon, e no sistema de rastreamento recebeu um nome nada carinhoso: OR-54. A loba estava solitária, e quando está assim é porque está procurando uma matilha e um macho pra ter filhotinhos. Foi achada durante uma busca pela matilha liderada pelo OR-07, que, após perder a coleira, sumiu com seu bando. OR-54 era filha dele.

Porém, ela não encontrou ninguém, conforme os biólogos da agência informam, e após andar 14.020km, parou em certo ponto. Ficou parada lá tanto tempo que foram verificar, e ela estava morta. Segundo eles, ela tinha por volta de 3 ou 4 anos.

Ela voltou algumas vezes pra onde veio, quem sabe pra reclamar ao seu pai que não encontrava ninguém, e voltava para a sua busca. Andou em média 20km por dia até morrer.