Cães com pelo azul são resgatados na Rússia, mas ninguém quer adotá-los

Por Almeida em 19 de fevereiro de 2021 às 15:51 | Atualizado 19 de fevereiro de 2021 às 15:53

Mundo – Uma matilha de cães de rua na Rússia viralizou nos últimos dias por um motivo tão curioso quanto triste: todos estavam com o pelo azul. Os sete animais encontrados foram resgatados e passam bem, mas ainda não receberam propostas de adoção.

De acordo com Ilya Kazakov, diretor da clínica veterinária Zoozastchita NN, para onde os cachorros foram levados, o estado de saúde de todos é bom. “Eles estavam com fome e sede, mas estão ativos. Fizemos exames de sangue e os dados bioquímicos estão normais.”.

Acredita-se que a estranha coloração dos animais tenha sido causada por resíduos químicos, principalmente sulfato de cobre, de uma fábrica de polímeros e ácido cianídrico abandonada na cidade de Dzerzhinsk, a 370 km da capital Moscou.

A empresa faliu em 2015 deixando para trás os produtos, sem qualquer controle. Em alguns casos, o sulfato de cobre pode ser tóxico, e os cães devem ter rolado sobre o pó azulado. Provavelmente, eles até ingeriram alguma quantidade dele.

“Esse tipo de exposição a produtos químicos podem causar dor intensa, irritação na pele, hemorragia interna e até levar a morte”, disse O’Meara Kelly O’Meara, vice-presidente da Humane Society International, organização global para o bem-estar animal.

Mesmo com os exames normais, os sete passarão por uma quarentena na clínica, para evitar que espalhem doenças. Eles serão castrados e, depois de recuperados, devolvidos às ruas caso ninguém queira ficar com eles.

“Apesar do destaque na mídia, ainda não recebemos nenhuma proposta de adoção”, disse Kazazov. Autoridades russas disseram que vão acionar os donos da antiga fábrica para que as causas do pelo azul sejam devidamente investiga.

Fonte: UOL. 

Deixe seu comentário