Mundo – Uma norte-americana acabou sem querer entrando na briga entre seu cachorro e uma onça-parda, segurando com uma das mãos o animal selvagem ao confundi-lo com um cachorro, escreve jornal Idaho Statesman.

Isso ocorreu no dia 30 de janeiro, em Mackay, no estado norte-americano de Idaho. A mulher percebeu que seu cachorro de estimação estava brigando com outro animal, e não perdeu tempo para apartá-los, segurando-os com as mãos para apartá-los.

Para sua surpresa, em uma das mãos, não havia um cachorro, e, sim, uma jovem onça-parda de 16 kg. A mulher, ainda segurando o animal selvagem, começou a gritar para seu marido, que pegou uma espingarda e atirou no animal enquanto sua esposa o segurava.O cachorro e a mulher saíram arranhados da confusão. Já a onça foi assassinada e levada para um laboratório para saber se alguma doença teria impulsionado comportamento agressivo dela. Onça-parda é um dos maiores representantes da família dos felinos no mundo. Em tamanho, este predador perde apenas para tigre, leão e onça-pintada.

Fonte:  br.sputniknews.com