CM7

 
Manaus, 24 de outubro
Mercado financeiro
Dólar
Euro
 
 
Home / Colunas / Subindo e Descendo do Salto / Governador David Almeida retoma recuperação de ramais em vários municípios

Governador David Almeida retoma recuperação de ramais em vários municípios

Da redação | 19/06/2017 19:07

Nesta segunda-feira, 19, os serviços para o recapeamento de 7,5 quilômetros do principal ramal que interliga as comunidades foram iniciados. A obra deve beneficiar aproximadamente 700 famílias que atuam neste setor e melhorar, principalmente, o escoamento da produção.

A produção rural das comunidades Bela Vista, São Raimundo e Arapapá, em Manacapuru, a 68 quilômetros de distância de Manaus, será impulsionada com as obras de recuperação e recapeamento de estradas e ramais retomadas pelo governador David Almeida.

A ação, iniciada pelo município de Manacapuru, faz parte do pacote de obras de recuperação do sistema viário programado pelo governador David Almeida e que deve contemplar vários municípios do interior do Estado. De acordo com o governador, as obras serão intensificadas com a chegada do verão.

“Nós estamos dando celeridade. Aqui em Manacapuru são mais cinco ramais e tem também a recuperação do sistema viário no valor de R$ 21 milhões. Não dará tempo de concluir o sistema viário em Manacapuru, mas acredito que esses seis ramais e a duplicação da AM-070, até o km 35, já possam mudar a vida dessas pessoas”, afirmou o governador que também anunciou que irá instalar um tomógrafo no hospital do município e recuperar a estrada de Novo Airão.

Além do recapeamento do ramal Arapapá, com extensão de 7,5 km, o Governo vai recuperar o ramal Bela Vista com extensão de 8 km. Neste último serão realizados serviços de tapa-buracos e pavimentação em determinados trechos mais prejudicados.

“São 7,5 km de ramal asfaltado com investimento da ordem de R$5,5 milhões. O Governo vê nessas pessoas aquelas que possamos beneficiar seja através do asfaltamento que vai melhorar a sua qualidade de vida, as condições de trabalho e o escoamento da produção. Os produtos oriundos daqui nós vamos consumir eles na cidade de Manaus e de Manacapuru. Trazer o asfalto para eles sem dúvida alguma é uma redenção”, destacou.

As comunidades, que juntas concentram cerca de quatro mil moradores, tem na produção rural a principal atividade econômica. Segundo o produtor rural Altair Souza, a produção de maracujá é o carro chefe das comunidades. Além disso, a comunidade produz, também, pepino, banana, pimenta de cheiro, jerimum e abobrinha. “Só no ano passado produzimos três milhões de quilos de maracujá e este produto é oriundo da agricultura familiar na comunidade Arapapá. O maracujá é a base da nossa economia e da nossa produção”, destacou Altair.

O recapeamento do ramal, segundo o produtor, é uma demanda antiga dos moradores. A estrada, localizada em uma área atingida pela cheia, costuma ficar alagada impedindo o escoamento da produção. Com as obras de recapeamento e elevação do nível da pista a cheia não deve afetar mais a logística de escoamento da produção.

“Isso aqui é um sonho que tá sendo realizado. A gente sofreu muito com a perda do ramal por causa da enchente e com as dificuldades que tivemos para escoar. Isso aqui pra nós representa outra expectativa, enche nossa esperança e é a certeza de que este ano vamos produzir porque vamos ter a oportunidade de escoar nossa produção e isso vai representar lucro e qualidade de vida as nossas famílias”, comemorou.

O produtor rural Jones Teixeira, que cultiva macaxeira, banana e maracujá, também já começa a fazer planos para ampliar a produção após o recapeamento do ramal. Segundo ele, essa será a chance de vender o produto direto na cidade melhorando a renda. Isso porque com o ramal no barro o produtor não consegue escoar a produção é era obrigado a vender o produto a um preço mais baixo. “O comprador vem na minha porta e compra muito mais barato. Agora com o asfalto vou poder levar o produto e vender direto ao consumidor”, disse.

Com orçamento já em caixa na ordem de R$ 500 milhões, o Governo pretende dar celeridade à pavimentação de estradas e ramais, asfaltamento de sistemas viários e a conclusão e construção de prédios da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) em vários municípios.

Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA