CM7

     
 
 
Manaus, 19 de outubro
Mercado financeiro
Dólar
Euro
 
 
Home / Colunas / Subindo e Descendo do Salto / Dois meses de muita transparência e eficácia

Dois meses de muita transparência e eficácia

Da redação | 10/07/2017 11:16

São dois meses. São 60 dias, a serem comemorados, sim, pela população!

Isto porque o governador David Almeida empreendeu um ritmo acelerado em sua gestão, algo que tem ido ao encontro dos anseios da população, e isto reflete na boa aceitação do povo em ver um jovem político, um governador pulsante, dinâmico, e acima de tudo tem mostrado eficácia quando administra um orçamento, em que nada tem de novo recurso, mas, sim, é apenas uma administração que tem economizado em alguns pontos, e podido com isto reinvestir os recursos em outras áreas mais aflitas do Estado. Saúde, Segurança, Infraestrutura…

Um esportista, David Almeida também assim tem administrado o Estado, numa boa corrida em prol consertar erros, velhos, e de forma criativa, visionária tem dado outro rumo aos empreendimentos da máquina estatal. O exemplo mais claro deste novo ritmo é a rapidez com que vem tocando obras na Capital e no Interior.

Com recursos de financiamentos em caixa, vem acelerando obras de infraestrutura em Manaus, nas sedes e na zonas rurais dos municípios. Além disto, o governador vai verificar de perto as obras. Troca com os prefeitos experiência, ouve, e decide os melhores caminhos para atender as principais demandas do povo.

A verdade é que David assustou, e essa eleição tampão deixou muito cacique de ‘saco’ de molho.

Isto porque, por exemplo, são pelo menos R$ 500 milhões em caixa, resultantes de financiamentos liberados ao Governo do Estado por instituições financeiras como o Banco do Brasil, que está movimentando a economia, e David tem colocado as obras para aproveitar o verão amazônico.

– Assumi o governo com muitos recursos carimbados. Recursos que entraram nos cofres públicos e não podem ser usados a não ser pelo motivo que entraram. Então, vamos aproveitar a chegada do verão e acelerar as obras, colocar as máquinas para funcionar. Vamos movimentar esse dinheiro para gerar emprego e renda”, afirmou David Almeida, que enfatiza o valor de sua equipe, “e assim, aceleramos o processo e agilizamos a conclusão de obras importantes para a população”, diz o governador, que já esteve em 15 municípios – Manacapuru, Manicoré, Tapauá, Tefé, Carauari, Nova Olinda do Norte, Autazes, Urucurituba, Lábrea, Rio Preto da Eva, Tabatinga, Careiro Castanho, Anamã, Caapiranga e Parintins – na missão de fiscalizar e conferir o andamento dos trabalhos.

Infraestrutura e educação juntos. São asfaltamentos da malha viária, recuperação e pavimentação de ramais e vicinais, construção de escolas de tempo integral, reformas de hospitais e escolas, além da conclusão dos campi da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) em algumas cidades são algumas das obras.

Outro exemplo de obra que gera trabalho, a duplicação da AM-070 (Manaus-Manacapuru), no trecho que vai do KM 20 ao 35km, obras que ele quer prontas no fim de setembro.

UEA

No interior do Estado, David Almeida também pretende concluir as obras de construção dos prédios da UEA, dentre eles o de São Sebastião do Uatumã, onde faltam apenas R$ 67 mil para finalização da obra. Em Tapauá, há a previsão de utilização de R$ 262 mil para que o prédio seja concluído. Para o prédio do anexo da UEA em Parintins faltam R$ 267 mil. O governador garantiu que irá obter esses recursos para concluir as obras.

CONTAS
Outro destaque da gestão é o ajuste nas contas e o equilíbrio fiscal, além da resposta rápida na resolução de questões prioritárias na saúde, educação e na segurança, acompanhadas pela transparência nos atos do Executivo.

Nas primeiras medidas, ainda em junho, David Almeida garantiu que o Estado vai economizar, em um ano, R$ 315 milhões com ajustes nos contratos da Casa Militar (R$ 12 milhões), Seduc (R$ 101 milhões) e Susam (R$ 202 milhões). A medida desta gestão, que já se estendem a todo o governo, é economizar recursos para investir em ações prioritárias que impactem na vida da população.

Resultados já podem ser vistos na Casa Militar, onde a despesa mensal com aluguel de aeronaves e embarcações reduziu 89%, alcançando uma economia de R$ 1.343.577,00 no primeiro mês.

SAÚDE

“Na saúde estamos redirecionando alguns contratos, diminuindo outros e chamando fornecedores para conversar. Também estamos pagando todos e publicando esses pagamentos no portal da transparência para que os trabalhadores das empresas contratadas saibam que se o patrão deles não pagar os salários não é responsabilidade do Estado e população não pode ser prejudicada”, diz David.

A lógica, segundo o governador, é otimizar custos e potencializar os recursos para poder investir naquilo que é prioridade para a população. As unidades estão sendo equipadas e abastecidas com medicamentos e insumos e as filas de espera por cirurgias, exames e consultas especializadas que já demoraram seis meses, um ano ou até mais, estão deixando de existir.

EDUCAÇÃO

Na Educação, o Governo está tocando um pacote de obras para revitalização da rede de ensino de mais de R$ 1 bilhão planejadas para 2017 e 2018, que inclui obras já em andamento e outras licitadas ou em fase de licitação, a exemplo de 12 Centros de Educação de Tempo Integral (Cetis) no interior em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Na capital e no interior, escolas novas estão em construção, outras sendo reformadas e ampliadas.

Com informações- Agência Norte

Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA