Vereador Sandro Maia tem mandato cassado e ficará inelegível pelos próximos 8 anos

Por Bruno Almeida em 23 de setembro de 2021 às 8:52 | Atualizado 23 de setembro de 2021 às 8:54

Manaus (AM) – O vereador Sandro Maia Freire (Democratas), eleito com mais de 5 mil votos, teve seu mandato cassado na Justiça Eleitoral nesta quarta-feira (22), por abuso de poder econômico. A ação de cassação do vereador foi proposta por Gilmar de Oliveira Nascimento, que seria o suplente do partido. 

MPE pede cassação de vereador de Manaus por uso de ONG na eleição 2020

        Gilmar de Oliveira Nascimento                                                                                                                  Sandro Maia Freire

Gilmar Nascimento alegava que nas eleições de 2020, Sandro teria usado sua ONG, o Instituto Social Sandro Maia, para se promover e ser eleito. O processo estava na justiça desde abril desde ano, e agora foi julgado pelo Dr. Rogério José da Costa Vieira, juiz da 1ª Zona Eleitoral. 

O magistrado decidiu, além da cassação do mandato como vereador, que Sandro Maia Freire ficará inelegível nos próximos 8 anos. Com a sentença, Gilmar de Oliveira Nascimento assume o lugar de Sandro como vereador.  

Para visualizar a sentença completa clique no link abaixo.

Sentença

Deixe seu comentário