Vereador Rodrigo Guedes: de dia na igreja, à noite na ‘macumba’

Por Sthefane Campos em 18 de novembro de 2021 às 9:18 | Atualizado 18 de novembro de 2021 às 9:55 Vereador Rodrigo Guedes: de dia na igreja, à noite na macumba

Manaus – O vereador Rodrigo Guedes (PSC), conhecido por querer capitalizar todo tipo de pauta moral da forma mais Nutella possível, atirando para todos os nichos e grupos visando ganhar likes nas redes sociais não tem enganado mais ninguém, principalmente o nicho cristão. A mais nova do vereador é a dancinha com turma da macumba.

Veja vídeo:

Com bem lembra a Bíblia em 1 Coríntios 15:33, “Não vos enganeis! “As más companhias corrompem os bons costumes”, que gerou o ditado popular “Diga-me com quem tu andas, que direi quem tu és”, lembrar do fato de que Guedes sempre foi o “garoto de Ouro” de Arthur Virgílio, inclusive tendo ganhado cargo comissionado na diretoria do PROCON-AM durante gestão do ex-prefeito PSDBista.

Rodrigo Guedes também tentou vender durante um tempo a visão de um ˜conservador liberal˜, que é basicamente o cruzamento de um elefante com uma girafa, algo que não existe. Chega a falar de Fé em Deus, da boca pra fora, mas se provou duas vezes inimigo dos cristãos e um defensor do sociedade secularizada:

1. A primeira vez votando contra a educação em casa, o homeschooling. Isto é, o vereador  foi um dos responsáveis por acabar com a possibilidade de pais honestos, independentemente da condição financeira, poderem ter autonomia sobre a educação dos filhos, cumprindo uma grade curricular comum e sem a influencia ideológica de professores ateus, esquerdistas ou livre de um ambiente hostil, como o caso de alguns colégio públicos em bairros dominados pelo tráfico de drogas. Essa realidade o vereador Nutella não conhece, só estudou em colégio particular da elite manauara e ainda diz que quer ”escola para todos e de qualidade”. Vai pagar a mensalidade dos curumins da periferia no Lato Sensu ou no Adalberto Valle, vereador ?

2. A segunda foi votando contra a isenção de impostos da iluminação à igrejas e condomínios privados. Guedes usou a experiência do cargo que ganhou de Arthur no PROCON para blefar dizendo que a isenção de impostos de iluminação pública para Igrejas encarece a conta de Luz ! MENTIRA ! É como dizer: “A luz só tá subindo, porque mais gente deve pagar por ela !”, sendo que o serviço continua o mesmo, com as mesmas quedas de energia queimando os eletrônicos do povo e sem nenhum investimento em optimização, rendimento, estrutura ou diversificação da matriz, como a solar ou eólica de casa em casa.

Rodrigo Guedes foi tão insano em dizer que as igrejas não pagarem impostos encarece o Cosip (Contribuição para Custeio do Serviço de Iluminação Pública) que até fez Marcelo Serafim (PSB), que o corrigiu, parecer muito sensato. Guedes mente para esconder o óbvio: o que encarece a conta de luz é o Monopólio Estatal sobre o serviço – o objetivo não é a melhora, mas a pura arrecadação, porque o modelo atual é perfeito para isto: pegar o dinheiro do povo por imposto e ir pro bolso dele e dos colegas. Claro que um vereador que age como um “camaleão”, mudando de cor conforme a ocasião, querendo ser tudo, mas não sendo nada, não tem nenhuma capacidade de sentir empatia por cristãos de pequenas igrejas de periferia, que já atendem e dão conforto a outros que passam dificuldades e provações por não conseguirem pagar os absurdos valores da própria conta de luz.

Deixe seu comentário