TJAM convoca dois juízes para atuarem como desembargadores; saiba quem são

Por Bruno Almeida em 5 de outubro de 2021 às 10:01 | Atualizado 5 de outubro de 2021 às 10:01

Manaus (AM) – Neste terça-feira (05), o Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM) realizou a votação destinada ao preenchimento de duas vagas para desembargadores da Corte em Manaus.

Os eleitos para assumirem as vagas foram Cezar Luiz Bandiera e Mirza Telma de Oliveira Cunha. Sendo Cézar pelo edital n.º 12/2021 e Mirza pelo n.º 13/2021.

Os nove juízes de entrância final disputaram a cadeira durante a votação. As vagas foram preenchidas pelos critérios sendo eles de antiguidade e merecimento.

A vaga de antiguidade não teve disputa, conforme o previsto. Foi elegida em acordo a juíza Mirza Telma por ser a mais antiga da geração de magistrados que estão a um passo posto mais elevado da magistratura estadual.

Já a vaga de merecimento, que pertencia a Ari Moutinho, aposentado em agosto, foi disputada por oito magistrados, mas Cézar Bandiera levou a maior com 21 votos.

As duas vagas foram abertas devido a aposentadoria compulsória, por idade, do desembargador Ari Moutinho e a punição final aplicada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) à desembargadora Encarnação Salgado, que já estava afastada do TJ-AM desde 2016, acusada de envolvimento com facções criminosas que atuam no Estado.

Leia também:

TJAM elegerá dois novos desembargadores durante votação nesta terça-feira (5) em Manaus

Deixe seu comentário