Amazonas – O empresário Mário Augusto Tavares dos Santos (DEM), que também é pré-candidato à prefeitura do município de Manaquiri, no interior do Amazonas, está sendo acusado de manter um relacionamento e ter engravidado uma adolescente de 14 anos. A investigação está na fase final na 33ª Delegacia Interativa de Polícia do município.

Ao informar a gestação à família, a jovem inicialmente não queria revelar a identidade do pai da criança, alegando que era “gente grande” de Manaquiri. Em uma conversa com a tia, a vítima acabou informando que se tratava de Mário Augusto, um comerciante muito conhecido no município.

Veja o print:

A família imediatamente registrou um Boletim de Ocorrência (B.O) sobre o caso, que segue em segredo de Justiça, de acordo com o investigador Marcos Dias, da 33ª DIP, e a promotora de Justiça do Amazonas Karla Cristina da Silva Souza.