Peixada: Prefeito de Pauini, Renato Afonso contrata empresas de amigos por quase R$4 milhões

Por Almeida em 22 de abril de 2021 às 14:30 | Atualizado 22 de abril de 2021 às 14:30

Brasil – Renato Afonso, prefeito de Pauini, a 1.054 quilômetros de Manaus, dispensou licitações milionárias durante o período emergencial para favorecer empresas de aliados políticos da eleição municipal de 2020.

O chefe do poder executivo municipal já tinha sido acusado de favorecer a empresa que seu irmão, Antônio Rodrigues Afonso, é sócio. Trata-se da Distribuidora Rio Purus Ltda, de CNPJ 04.486.757/0003-13, contratada de forma direta com dispensa de licitação nº 005/2021 por seis meses para fornecimento de combustível no valor de R$ 1,2 milhão. No ato da contratação, o prefeito chegou a afirmar que essa era a única empresa que poderia fornecer combustíveis ao município.

Confira o contrato:

 

Entretanto, o prefeito Renato Afonso, publicou a contratação direta com dispensa de licitação nº 006/2021 da empresa AD Evangelista dos Santos CNPJ Nº 11.751897/0001-01 para fornecimento também de combustível. O proprietário da empresa é Antônio Dione Evangelista dos Santos, irmão do vice-prefeito Paulo Souza dos Santos. O contrato tem vigência de 180 dias e o valor é correspondente a R$ 725 mil.

Confira o documento:

 

Além de favorecer a empresa do irmão, Antônio Afonso, com contratação milionária em período emergencial, o prefeito Renato Afonso fez o mesmo com o empresário Antônio Dione Evangelista dos Santos, irmão do vice-prefeito Paulo Souza dos Santos. O gestor deixa claro que os recursos públicos serviram para ampliar os negócios empresariais. Além disso, Renato Afonso, poderia fazer a aquisição de combustível fora do município e fomentar a ida de outras empresas até o município.

Ainda conforme a denúncia, Antônio Costa Bezerra, outro apoiador da campanha de Renato Afonso, que possui uma empresa registrada com o CNPJ nº 34.543.694/0001-25, também ganhou contratação direta com dispensa de licitação nº 007/2021. O contrato é para fornecer gás de cozinha no valor de R$ 134 mil, por 180 dias.

Confira o documento:

 

Outro cabo eleitoral que ganhou contrato com dispensa licitatória nº 014 para fornecimento de material de expediente, no valor de R$ 592 mil, e material de limpeza, no valor de R$ 269 mil, com prazo vigente de 180 dias, foi Valmiro Machado Ferreira, com empresa de CNPJ 32.571.618/0001-06.

Confira o documento:

 

Valdemir Medeiros Nogueira Salvador, com a empresa CNPJ 32.571.618/0001-06, foi outra pessoa que apoiou a campanha eleitoral do prefeito Renato Afonso. O empresário também ganhou contrato com dispensa de licitação, no valor de R$ 269 mil, com prazo de fornecimento de 180 dias, para fornecer material de limpeza. A empresa tem um capital social de apenas R$ 120 mil.

 

Gamaliel de Andrade Costa foi mais um apoiador eleitoral do prefeito que ganhou contratação direta com dispensa de licitação nº 034/2021, durante período de 180 dias, no valor de R$ 684 mil, por meio da empresa com CNPJ 38.432.349/0001-75. O contrato é referente à prestação de serviço de manutenção de veículos leves e pesados para atender demandas das secretarias municipais. A empresa foi aberta em setembro do ano passada e cadastrada como micro empresa individual, com capital social de apenas R$ 8 mil.

Confira o documento:

 

O valor das contratações das empresas de irmãos do prefeito e do vice-prefeito e de aliados políticos, com dispensa de licitação, citadas na reportagem soma R$, 3,6 milhões.

Com informações do O Poder.

Deixe seu comentário