Manaus – Na noite desta quinta-feira (10), o partido Avante realizou uma convenção em formato drive-in para lançar oficialmente a candidatura de David Almeida como prefeito e Marcos Rotta como vice.

O evento, que contou com uma megaprodução, foi alvo de opiniões indignadas, visto que Marcos Rotta carrega certa (má) fama de se aliar somente com quem pode favorecê-lo, enquanto como atual vice-prefeito da capital, não possui nada em seu currículo no que se refere a boa gestão.

Rotta carrega o estigma de “vice-problema”, em razão de seu extenso histórico como um político que não alavanca na popularidade, a ponto de ser preterido nos pleitos de cargo majoritário, tendo que se contentar em ser segunda opção.

Muito dessa má reputação se deve à inconstância de Rotta dentro dos partidos aos quais se filia. Tendo transitado pelo MDB, ao lado de Eduardo Braga, em seguida pelo PSDB, na companhia de Arthur Virgílio Neto, Rotta atualmente está no DEM. Só resta saber até quando.

No atual cenário, quem mais se prejudica é o candidato à prefeitura de Manaus, David Almeida, que alia sua imagem à de Rotta, construída ao longo de todos os anos de sua vida pública.