Maus Caminhos: Omar Aziz não se enxerga e ataca PF, MPF, AGU, família Bolsonaro e todos os bolsonaristas

Por Caxias em 8 de junho de 2021 às 18:45 | Atualizado 8 de junho de 2021 às 18:45

Manaus – Nesta segunda-feira (7), o senador Omar Aziz (PSD) desferiu ataques contra PF, MPF, AGU, família Bolsonaro e os bolsonaristas. As declarações foram feitas durante entrevista dada ao programa Manhã de Notícias, da Rádio e TV Tiradentes, de Manaus.

Aziz atualmente preside, muito suspeitamente, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, e em todas as sessões tenta incriminar de forma infundada o governo federal pela condução da pandemia no Brasil. Omar não tem provas de suas acusações, e acaba por verbalizar ataques contra o Presidente da República com o intuito de desmoralizá-lo, o que não vem conseguindo.

De acordo com a PGR, Omar Aziz seria o chefe de uma quadrilha que desviou cerca de R$ 200 milhões do setor de saúde do Amazona em 2016. Ele é investigado porque, quando era governador, parte de contratos suspeitos foi firmada, e um relatório parcial da Polícia Federal, o da Operação Vertex, um desdobramento da Maus Caminhos, cita seu nome 256 vezes em 257 páginas.

Os autos chegaram a ser encaminhados para o Supremo Tribunal Federal em razão do fato de Aziz ser senador, mas o novo entendimento da corte sobre foro privilegiado fez com que, em junho de 2018, retornassem ao Amazonas. A investigação contra o senador atualmente está na Justiça Federal do Amazonas.

Deixe seu comentário