Manaus – Na tarde desta terça-feira (29), o governador do Amazonas, Wilson Lima, em um vídeo divulgado nas redes sociais, descartou a possibilidade de um lockdown na cidade em razão ao aumento de casos do novo coronavírus no estado. Segundo Wilson, a pandemia “ainda preocupa, mas o cenário atual não se compara ao quadro dos meses de abril e maio”, quando o estado viveu o pico da doença.

“Nem passa pela minha cabeça a possibilidade de lockdown, de fechar tudo aqui no estado. Nós conseguimos avançar muito, o Amazonas é referência hoje no combate à Covid-19. Fomos o primeiro estado a liberar as aulas do Ensino Médio, e amanhã, quarta-feira, dia 30 de setembro, nós estaremos retornando as aulas do Ensino Fundamental”, disse o governador.

Dados da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas apontam para um aumento de 12% no número de casos de Covid-19 na comparação entre as últimas duas semanas de setembro em Manaus.

Diante dos dados, o governador assinou um decreto onde estava suspenso o funcionamento de bares, flutuantes, sítios e balneários pelo período de 30 dias, mas acredita que o lockdown seria uma medida muito radical. 

Veja vídeo: