Em apenas dois meses de mandato, Sabá Reis e David Reis se tornaram a maior dor de cabeça do prefeito de Manaus

Por Almeida em 25 de fevereiro de 2021 às 16:06 | Atualizado 25 de fevereiro de 2021 às 16:54

Manaus (AM) – Sabá Reis e o filho, David Reis, estão manchando o Legislativo Municipal com as recentes atitudes, e fontes afirmam que os mesmos estão dando dor de cabeça ao prefeito David Almeida, que busca fazer uma boa gestão.

Mesmo com apenas dois meses de mandato, os Reis já colecionam péssimas manchetes nos jornais locais neste período de tempo.

Sabá Reis logo no início do mandato, mais especificamente no dia 17 de janeiro de 2021, tentou intimidar a diretora de uma Unidade Básica de Sáude (UBS) para conseguir colocar no cargo dela uma parente dele, que, segundo informações, já havia sido exonerada por “roubo” no interior do estado.

Neste caso, um áudio viralizou e revelou a verdadeira face de Sabá Reis: um homem exaltado, arrogante e que faz tudo para conseguir o que quer.

Ouça áudio:

No mesmo episódio Sabá não obteve sucesso, apenas fugiu do escândalo, mas não demorou muito para se envolver em outro maior ainda.

O Secretário Municipal de Limpeza Pública, Sabá Reis, é acusado de ter furado a fila da vacinação contra a Covid-19 em Manaus, no primeiro dia da campanha de imunização, em 19 de janeiro.

Após receber a primeira dose do imunizante, sem estar na linha de frente em combate à Covid-19 ou fazer parte dos grupos prioritários, o secretário voou para São Paulo, alegando estar com a doença. A rápida saída de Sabá da cidade, levantou suspeita de que o mesmo estaria com medo de ser preso, afinal está sendo investigado pelo Ministério Público do Amazonas (MP-AM).

Vale ressaltar que O Ministério Público do Estado (MPE-AM), o Ministério Público de Contas do Amazonas (MPC-AM), a Defensoria Pública do Amazonas (DPE) e da União (DPU), pediram ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) o afastamento de Sabá Reis do cargo de Secretário Municipal de Limpeza Pública, por pelo menos 60 dias por conta da acusação de fura-fila.

O despacho foi publicado nesta quarta-feira (24), no Diário Oficial do TCE, e pede o período de 60 dias para apurar a acusação. Os órgãos aguardam e esperam que TCE acate o pedido protocolado por eles.

Tal pai tal filho

O atual presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM), David Reis (Avante), tem se mostrado totalmente despreparado para o cargo. Assim como o pai, em apenas dois meses ocupando tal cadeira também coleciona escândalos.

Eleito por unanimidade no dia 1 de Janeiro deste ano, o vereador, representando os demais parlamentares do legislativo, tentou lesar todos logo após conquistar o título de presidente da CMM. No mesmo dia, David Reis nomeou a tia, Aldenizia Rodrigues Valente, ao cargo comissionado de Contadora do Legislativo Municipal, com o gordo salário de mais de R$10 mil, ou seja, praticou Nepotismo.

Todo este escândalo pode resultar em uma investigação do Ministério Público Eleitoral do estado (MPE-AM), e o vereador David Reis pode ter o mandato cassado.

Além deste escândalo, David Reis também foi bastante criticado por suspender os trabalhos na Casa Legislativa nos dias de aplicação da prova do Enem.  Afinal, o que o Enem tem a ver com os trabalhos na Câmara Municipal? Um dia importante de trabalho atrapalharia a execução das provas dentro das escolas?

LEIA TAMBÉM: 

Sabá Reis, Secretário de Limpeza pública, tenta ‘passar a perna’ em diretora de UBS

Após furar fila da vacina, Sabá Reis pega o beco de Manaus para fugir do Ministério Público do Amazonas

Secretários Municipais, Sabá Reis e Shádia Fraxe, podem ser afastados dos cargos a qualquer momento

Presidente da Câmara Municipal, David Reis, usa Enem para não ter que trabalhar e encher a cara

Cachaça na cabeça faz David Reis contratar a própria tia e corre o risco de ser cassado por nepotismo

Presidente da CMM, David Reis, tem mais faltas do que projetos de leis e já foi investigado pela PF; veja

Deixe seu comentário