Manaus – Um grupo do facebook, denominado Direita Amazonas, foi palco de um bate-boca entre os pré-candidatos à prefeitura de Manaus, Romero Reis (Novo), e o ex-superintendente da Suframa, Coronel Menezes (Patriota).

De acordo com Menezes, o Direita Amazonas apoiar um candidato do Novo configura uma incoerência, visto que é o partido de João Amoêdo, adversário e crítico ferrenho do presidente Jair Bolsonaro.

Romero, então, defendeu o próprio partido, afirmando que Menezes deveria focar em seu próprio projeto. “Essa prática de denegrir os adversários, mentindo, enganando as pessoas, é jogo sujo. Isso sim é incoerência! Amoedo hoje é apenas mais um filiado do Novo e pode pensar como ele quiser, pois é livre. Mas ele não me representa e você sabe disso!”, disse Romero.

Menezes não recuou frente à discussão, e questionou o pré-candidato Romero acerca de um hipotético dilema eleitoral.

“Lhe pergunto: João Amoêdo, candidato a presidente pelo seu Partido NOVO, você vai votar no presidente Bolsonaro?”, indagou.

Romero Reis não respondeu e apagou os comentários.