Amazonas – Uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), foi solicitada pelos vereadores Ismael Dutra (PMDB), Tonty Silva (PV), Izequiel Maia (PSC) e Lindomar Silva (PMDB), para investigar o envolvimento do prefeito Ivon Rates, do município de Envira (distante 1.216 quilômetros em linha reta de Manaus), no aluguel de um imóvel onde funciona a prefeitura da cidade.

De acordo com a nova acusação, assim que assumiu a prefeitura, Ivon declarou a sua sede, utilizada até então pelo gestor anterior, como inutilizável, alugando o novo prédio sem licitação ou consulta da Câmara Municipal.

A comissão provavelmente será composta por três vereadores, um do MDB, um do PROS e um do PSD pois são os três maiores partidos com representatividade na Câmara. Pelo o regimento da casa, para abrir a CPI é preciso apenas da assinatura de um terço dos vereadores, no caso já se tem mais do que necessário para instauração. Com isso o presidente da câmara agora tem 10 dias úteis para formar a comissão especial. Caso isso não acorra, entraremos com um mandato de segurança para que seja criada a CPI. Disse o vereador Ismael Dutra.

De acordo com o pedido, os vereadores querem investigar e apurar responsabilidade da suposta improbidade administrativa proferida no processo Nº 0000052-82.2013.8.04001, relativo a denúncia feita pelos vereadores José Elinelson e Nonato Cipriano.