Manaus – Uma publicação no Instagram de uma das amigas do delegado Gustavo Sotero, que matou o advogado Wilson Justo Filho dentro do Porão do Alemão, na madrugada do último sábado (25), deu o que falar. Isso porque a mulher, identificada como Louise Haddad, postou uma foto com o criminoso, em que a legenda dizia “Força”.

Internautas se revoltaram com a atitude da mulher, dizendo que quem precisava de força era a família da vítima, e não “esse que, por força de lei, anda armado, mas não tem controle sobre seus atos”, como escreveu a internauta Amanda de Carvalho.

Em meio aos comentários, uma outra colega de Sotero, identificada como Kareni Lima, também mostra total apoio ao delegado, chegando a dizer até “Não me deem um soco na balada, porque não sei como vou reagir.”

 

Louise, então, responde a Kareni com os dizeres “Me dê um tiro, mas não bata na minha cara. Depois que inventaram a pólvora, os samurais foram extintos!”, dando créditos a ‘concursadão Fera’.

Um internauta, de nome Ary Sérgio, também se mostra revoltado com a postura das policiais e questiona: “Pelo visto, não é só ele que é desequilibrado na polícia. Briga se faz com pistola? Na minha época, soco se vingava com soco. Ah, não… Lembrei, você é “policial” e pode ter uma arma. Mais justo e prático, não? Cada uma…”. Ele então finaliza com um alerta: “E por favor, não soquem essa senhora na balada! Já sabem o que acontece!”. Kareni, então, responde com um palavrão: “essa porra mermu”.