CM7

 
Manaus, 24 de outubro
Mercado financeiro
Dólar
Euro
 
 
Home / Arquivo / Política na Veia / Corrupção sob ataque – Coluna Nacélio Maia

Corrupção sob ataque – Coluna Nacélio Maia

Da redação | 01/07/2016 18:57

CORRUPÇÃO SOB ATAQUE

É realmente um verdadeiro CERCO AO COVIL.
Esta imagem abaixo expressa esta triste realidade de um partido político que surgiu como esperança de renovação, apresentou-se como baluarte da ética e terminou como uma organização criminosa, sob cerco policial.
Este é o texto da Revista, que acrescento: no Brasil, todos os partidos são verdadeiras organizações criminosas, mas na escola onde todos aprenderam, o PT foi o primeiro da classe, responsável pela institucionalizão deste mal perverso que é a corrupção em todas as esferas do poder.
A pergunta que fica: o PT nasceu para o que se propôs na fundação ou para o que se transformou tão rapidamente?
Considerando o projeto de poder que ficou claro, opto pela segunda.
Alem da roubalheira desenfreada com prejuízos gigantescos contra  a Petrobrás, a Eletrobrás, os Correios, a Infraero, o BNDES, os Fundos de Pensão das estatais e sabe-se lá o que mais, os caras deram um jeito de roubar até o funcionalismo público.
Sem limites, sem pudor, sem vergonha, sem ética, sem valor.
Que tragédia.

A CORRUPÇÃO SOB ATAQUE 2

Essa é a boa notícia.
Apesar dessa corrupção viral, endêmica, metasticamente cancerosa, vil, nefasta, bandidesca e indignante, esse mal nunca esteve debaixo de um fogo cruzado tão intenso.
Tudo graças a esta safra de promotores, procuradores, juízes e outros agentes, especialmente ligados a esfera federal, muito motivados, preparados e com imensa sede de justiça, trabalhando como verdadeiros paladinos a serviço deste resgate da dignidade brasileira.
A guerra contra a corrupção não poupa ninguém, nem vivos, nem mortos (Caso Eduardo Campos) e decreta a prisão até de quem já está preso (João Vaccari Neto/PT).
Hoje vimos que este combate sem tréguas não parte apenas de Curitiba ou do Juiz Sérgio Moro, mas de várias outras frentes de promotores, procuradores, juízes, delegados e outros agentes, todos unidos e motivados pelo ideal de enfrentar e combater enfaticamente esse tipo de assassinato em série, este mal invisível, marginal, este crime hediondo.
Estes homens e mulheres sem uma gota de dignidade e de honra, precisam pagar um caro preço pela indignidade, pela desonestidade, pela frieza de seus crimes, pelo assassinato de muitos.
É o Brasil fazendo deste limão uma limonada, para que possamos sonhar com o sonho de um dia viver num país verdadeiramente justo e igualitário, onde estes crápulas percebam claramente que seus crimes não prosperarão, onde todos aqueles que ingressarem na política o faça com um imenso temor as leis e ao povo, como ocorre nas grandes democracias e nos países desenvolvidos.
Eu acredito no Brasil.

Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA