Amazonas – Na manhã desta sexta-feira (24), o Grupo Samel, em leilão público, arrematou a Cidade Garantido ou curral do Garantido. O arremate, além da Cidade Garantido, inclui também um galpão usado para a confecção de alegorias e o prédio de administração do boi vermelho e branco. Avaliados em R$ 2,6 milhões, o espaço conta com 10,6 mil metros quadrados.

Luís Alberto Nicolau, o presidente do Grupo Samel, disse que o Garantido continuará utilizando as instalações leiloadas por um preço simbólico, e que o intuito é preservar o patrimônio de cair em mãos erradas. “Vamos reformar e depois ceder, em aluguel simbólico, o curral para o próprio bumbá”, alegou o empresário.

A diretoria do boi Garantido comemorou o arremate. Ela considera a Samel uma parceira.

Houve, no entanto, uma disputa acirrada entre o Grupo Samel e o proprietário de posto de gasolina em Parintins, o empresário Francisco Vasconcelos. ‘Chiquinho’, como é conhecido o empresário, cobriu o primeiro lance, mas logo a vitória foi dada ao Grupo Samel.

A Samel irá financiar toda a reforma, que deve ser feita imediatamente, de acordo com Beto Nicolau.

“O Rogério (Ozores, sócio do grupo) é ligado ao Garantido e nos pediu para fazer esse negócio. Queremos ajudar. O melhor para todos é o nosso objetivo”, concluiu o presidente.