Barcelos – O prefeito do município de Barcelos, Edson de Paula Rodrigues Mendes, contratou uma empresa com dispensa de licitação para fornecer combustível para as secretarias da cidade pelo valor de R$ 400.690 mil reais.

Além do preço chamar atenção pelo alto valor também é curioso a duração do contrato; R$ 400 mil para dois meses. 

A informação foi publicada no Diário Oficial dos Municípios nesta segunda-feira (21), mas o contrato foi firmado no último dia 5 de outubro entre a empresa Naverio Navegação do Rio Amazonas LTDA (CNPJ: 84.477.215/0013-21) e a prefeitura de Barcelos. O contrato iniciou dia 05/10 e termina no dia 4/12.

Por dia será gasto em média R$ 6.568,00 (seis mil quinhentos e sessenta e oito reais), baseando-se no preço de R$ 4,50 o  litro cobrado em Manaus. A prefeitura de Barcelos vai gastar todo dia aproximadamente 1.459 litros de gasolina. 

Empresa contemplada

A Naverio Navegação do Rio Amazonas que tem como nome fantasia Posto Rio XIII foi aberta em 2003, e fica localiza na Avenida Ajuricaba, na cidade de Barcelos.

Prefeito investigado por comprar premiação nacional 

Em 2018 o Ministério Público do Estado (MPE) instaurou um inquérito para investigar o prefeito de Barcelos, Edson de Paula Rodrigues Mendes, por usar recursos públicos para ser agraciado com uma premiação dos  “100 melhores prefeitos do Brasil” sem qualquer critério ou documentação pela União Brasileira de Divulgação (UBD).

Na publicação, o promotor informa que a notícia sobre a suposta irregularidade chegou a ele por meio de memorando enviado pela Ouvidoria Geral do Ministério Público do Estado do Amazonas, a fim de que tomasse as providências cabíveis.

Confira o extrato da publicação 

 

 
Edição Ariana Clécia