Manaus – Depois dos professores da rede pública declararem greve, agora é a vez dos peritos do Estado aderirem o movimento. A decisão foi tomada na manhã desta segunda-feira (22), durante uma manifestação em frente o IML (Instituto Médico Legal), localizado no bairro Cidade Nova, Zona Norte da cidade.

Os peritos cobram melhores condições de trabalho e aumento salarial. A greve foi marcada para próxima quarta-feira (24).