Amazonas – Na tarde do dia 5, o vice-presidente da República, General Mourão, juntamente com uma comitiva internacional formada por representantes de 11 países, esteve presente na Superintendência da Polícia Federal. Mourão foi recebido pelo superintendente regional, delegado Alexandre Saraiva, e o diretor-geral da Polícia Federal, delegado Rolando de Souza.

Na apresentação do superintendente, ele apresentou a realidade ambiental do Amazonas, em especial o desmatamento, enfatizando as ações já realizadas pela Polícia Federal para coibir as organizações criminosas na região. Enfatizou que o agricultor não pode ser confundido com o madeireiro ilegal, que rouba madeira de terras da União e frauda processos de licenciamento ambiental.

Mostrou ainda as novas tecnologias usadas nas operações da DELEMAPH, tais como o sistema de satélites Planet. Após, levou os convidados até o SETEC para ver em funcionamento um dos equipamentos utilizados para extrair a assinatura isotópica das madeiras apreendidas.

Estiveram presentes no evento também os ministros Ricardo Salles (Meio Ambiente), Tereza Cristina (MAPA) e General Heleno (Segurança Institucional), inclusive o procurador da República, Leonardo Galiano, que esteve à frente, como representante do MPF, da Operação Archimedes. Delegados da DELEMAPH e do CGFAZ, além do DRCOR e do DREX, participaram da solenidade.

A Comitiva Internacional Embaixadores dos países da África do Sul, França, Alemanha, Canadá, Colômbia, Espanha, Peru, Portugal, Reino Unido e Suécia estão acompanhando o vice-presidente nos compromissos oficiais na região amazônica. Além destes, chefes diplomáticos da União Europeia e da Organização do Tratado de Cooperação Amazônica (OTCA), com sede em Brasília, também formam a comitiva.