Manaus – Neste domingo (2), o militar do Exército Brasileiro, identificado como Jhonatan Corrêa Pantoja, de 18 anos, morreu com um tiro de fuzil, dentro do 7º Batalhão de Polícia do Exército (BPE), localizado na avenida São Jorge, bairro São Jorge, Zona Oeste de Manaus.

Informações da Polícia Militar dão conta de que o fato ocorreu de madrugada, por volta das 3h, enquanto Jhonatan fazia a segurança do quartel.

Um tiro foi ouvido no batalhão e logo outros militares encontraram o soldado agonizando no chão, com um tiro no peito. Ele chegou a ser socorrido e encaminhado ao Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde.

Não se sabe, até o momento, de onde partiu o tiro que matou Jhonatan. As suspeitas vão desde uma bala perdida, até a possibilidade de suicídio.

Um Inquérito Policial Militar (IPM) será instaurado a fim de identificar a causa da morte. O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML).