Manaus – As festas da elite manauara têm sido uma das principais responsáveis pelo pequeno aumento nos casos de Covid-19 em Manaus, assim diz Rosemary Pinto, diretora-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM).

Segundo ela, a classe A e B são as que mais andam frequentando casas noturnas, bares da cidade e realizando festas privadas. Ela cita também que por mais que o ambiente seja particular, ainda é aglomeração, como no caso de passeios de lancha.

Rosemary chega a afirmar que há pelo menos dez pessoas que foram contaminadas em um bar específico da cidade, frequentado pela classe alta.

Sem falar da casa de show, All Night Pub que também foi citada na reunião do Comitê de Enfrentamento à Covid-19, e uma festa que ocorreu no local, resultou na contaminação de pelo menos 38 pessoas, além de mais 30 que estão em análise.

Este público é apontado como irresponsável, porque são contaminados mas não apresentam sintomas graves, e acabam disseminando o coronavírus em outros no ambientes, como em casa e trabalho, mesmo que sem saber. Alguns chegam a ter complicações, mas a maioria não.