Manaus – Em um mês de implantação, a 3ª Companhia de Motocicletas Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam Motos) já soma números expressivos no combate à criminalidade. Nestes 30 dias, foram 28 presos e nove armas de fogo apreendidas, incluindo fuzis e espingardas. O programa foi lançado pelo governador Wilson Lima no dia 11 de agosto para dar maior celeridade no atendimento de ocorrências, especialmente em áreas comerciais.

O balanço do programa inclui a prisão de dois foragidos da Justiça, a apreensão de dois fuzis calibre 762, três revólveres, duas pistolas calibre 40 milímetros e duas espingardas, além de 28 quilos de entorpecentes e R$ 27.445 em espécie.

Para o secretário de Segurança Pública, coronel Louismar Bonates, a nova modalidade de policiamento, em seu primeiro mês, já possui um resultado excelente e 100% da aprovação da população, uma vez que o Rocam Motos é voltado para as áreas comerciais e de difícil acesso. “As prisões estão acontecendo, drogas e armas sendo apreendidas dentro desse programa que é mais uma ação em benefício da comunidade”, disse.

De acordo com o comandante da Rocam, major Wener Vieira, o Rocam Motos atende todas as zonas de Manaus em horários de maior incidência criminal e concentração de pessoas. “O objetivo é combater a criminalidade violenta, buscando sempre preservar a ordem pública e garantir a sensação de segurança dos manauaras”, explicou.

Agilidade – Segundo o comandante da Rocam, o motopatrulhamento tático desenvolvido pelo 3º Batalhão tem como pontos fortes a praticidade, agilidade, visibilidade, economia, mobilidade e eficiência. A população pode ajudar fazendo denúncias diretamente pelo número (92) 99280-7574.

O subcomandante do Rocam Motos, capitão Rafael Murta, explicou que as apreensões e prisões ocorreram principalmente nas zonas norte e leste da capital amazonense.

“Com o tempo, o motopatrulhamento será mais conhecido pela sociedade amazonense e isso trará, certamente, mais efeitos positivos. A modalidade motopatrulhamento tático intensificará os resultados deste batalhão que há muitos anos segue servindo e protegendo a sociedade amazonense”, disse.

Investimento – O efetivo da Rocam Motos, que conta com 120 policiais militares, começou a ser qualificado há cerca de um ano. Para o programa, a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) adquiriu 60 motocicletas do tipo V Strom 650 cilindradas, além de cotoveleiras articuladas, joelheiras táticas, gandolas de instrução, botas motociclistas e calças de instrução. Também foram entregues aos policiais rádios transceptores e fones de ouvido.

Com informações da Assessoria.