Manaus – Mais uma etapa de obras para a recuperação da antiga rede de drenagem na zona Centro-Sul, no trecho da rua Rio Javari, nas proximidades da avenida Djalma Batista, no bairro Nossa Senhora das Graças, foi concluída na tarde deste sábado, 24.  Foram 24 horas de trabalho para a correção em um trecho da rede de drenagem profunda que passa naquela área.

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, destacou a importância da ação. “A drenagem que garante a qualidade do nosso asfaltamento, que ajuda no escoamento das águas das chuvas e colabora para um trânsito mais seguro″, ressaltou o prefeito.

A Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) executou uma escavação na área, a fim de realizar a manutenção da tubulação e, em seguida, o reaterro e aplicação da massa asfáltica. A via já será liberada para o fluxo de veículo ainda neste sábado.

O vice-prefeito e secretário de Infraestrutura, Marcos Rotta, esteve novamente neste sábado acompanhando os trabalhos da obra e destacou que essa intervenção, apesar do transtorno que ocasiona, é necessária para segurança de quem circula pela região.

“Fizemos a recomposição de uma tubulação que estava comprometida, pois tinha 40 anos de uso. Este é um trabalho que estamos executando de forma preventiva para que possamos salvaguardar não só as redes de drenagem, mas, principalmente, as edificações e as pessoas que aqui circulam. Estivemos reunidos com os empresários desta área, que têm colaborado com o nosso trabalho, a fim de evitarmos menos transtorno a todos”, ressaltou Rotta.

O vice-prefeito explicou que esta obra é feita por etapas, e ainda novas intervenções serão feitas no trecho. “Faremos aqui um serviço com a qualidade necessária, sempre seguindo a orientação do prefeito Arthur Virgílio Neto, que é de executarmos a obra procurando sempre ocasionar menos impactos à população”.

O trabalho faz parte do cronograma de ações para troca de tubulação de rede de drenagens antigas, realizado desde o ano passado pela prefeitura, serviço que vem sendo intensificado dia a dia pela Administração municipal.  Somente em 2017, 21 mil metros de tubulação de drenagem foram trocados em diversas zonas da cidade.

Todo o trabalho será realizado por administração direta, de forma ininterrupta e sincronizada com o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) e a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU).

Uma nova etapa de serviços será programada, para a substituição da tubulação de drenagem e correção em vários trechos a partir do Parque Municipal Ponte dos Bilhares, trabalho que, segundo a Seminf, evita grandes alagações na cidade.