Prefeitura abre vacina contra a Influenza para mais dois grupos nesta segunda-feira - Portal CM7 - Notícias de Manaus e Amazonas


Prefeitura abre vacina contra a Influenza para mais dois grupos nesta segunda-feira

Postado por Marcus Barros - 24/06/2018 14:15    

Fotos: Marinho Ramos / Semcom

Manaus – Com o encerramento da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza na capital, na última quinta-feira, 21/6, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), seguindo a orientação do Ministério da Saúde, vai ampliar a vacinação para crianças entre 5 e 9 anos e adultos entre 50 e 59 anos a partir desta segunda-feira, 25/6. A medida valerá enquanto houver estoque da vacina nas unidades de saúde onde funcionam salas de vacinação.

O secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, explica que a Semsa recebeu do Ministério da Saúde em torno de 450 mil doses da vacina, tendo como meta alcançar 90% do público-alvo dos grupos prioritários, composto por 424.402 pessoas. “A exemplo do que ocorreu em quase todo o país, em Manaus também ainda não fechamos a meta. Já aplicamos 312.880 doses, o equivalente a 73,72% de cobertura vacinal. Mas vamos continuar oferecendo o imunizante em nossas unidades, gratuitamente, incluindo essas duas novas faixas-etárias”, explica Magaldi.

A 20ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza teve calendário diferenciado na cidade, devido ao surto de sarampo, iniciando no dia 12/5.

Segundo o que preconiza o MS, a vacina contra o vírus Influenza é indicada para indivíduos com 60 anos ou mais de idade; trabalhadores em saúde; povos indígenas (aldeados e assistidos pela Sesai); crianças na faixa etária de seis meses a menor de cinco anos de idade (quatro anos, 11 meses e 29 dias); gestantes; puérperas (até 45 dias após o parto); grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade; funcionários do sistema prisional e professores das escolas públicas e privadas.

Os portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais deverão apresentar o laudo médico, receita, carteirinha dos programas de saúde, prescrição médica ou outro documento que comprove a sua condição clínica para receber o imunobiológico, assim como, os professores também deverão apresentar documentos (crachá, contra cheque ou outro documento) que comprovem a profissão.

A Semsa oferece a vacina em 183 salas da rede pública, ressaltando que 10 Unidades de Saúde trabalham em sistema de horário ampliado, de segunda à sexta-feira, das 7h às 21h, e aos sábados, das 8h às 12h, sendo que no caso da UBS Dr. José Rayol dos Santos (na avenida Constantino Nery), que está em reforma, a Sala de Vacina está funcionando nas dependências da Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam).

 

 

 

Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie nas Últimas Notícias
 
Aplicativo da Rádio CM7