Manaus – Morreu, nesta quarta-feira (29), o médico obstetra Armando Andrade Araújo, aos 72 anos. Ele é famoso na capital amazonense por cobrar de forma irregular R$ 2 mil por parto, além de ter agredido uma adolescente grávida enquanto ela dava à luz, na maternidade Balbina Mestrinho, localizado na rua Duque de Caxias, bairro Praça 14, zona Sul de Manaus.

O crime de corrupção ativa ocorreu em 2012 e Armando foi condenado por ele. Na época, o marido da vítima da extorsão chegou a pagar valor antes de a denúncia ser feita. Armando negou ter recebido o dinheiro. Já em 2018, um vídeo que viralizou na internet flagra o momento em que o médico trata uma parturiente de 16 anos de forma agressiva. Em certo ponto, ele chega a bater nas coxas da paciente.

Relembre o vídeo:

 

O médico foi sepultado no Cemitério Recanto da Paz, em Iranduba, Região Metropolitana de Manaus. A causa da morte não foi divulgada.