Manaus – A Prefeitura de Manaus deu continuidade à entrega de mantimentos arrecadados pela campanha #ManausSolidária, para as famílias afetadas no incêndio do bairro Educandos, zona Sul, nesta sexta-feira 21/12. Em dois dias, 419 vítimas que estão abrigadas em casas de parentes ou amigos receberam os kits com cesta básica, roupa, calçados e outros itens de limpeza e higiene pessoal.

A presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, acompanhou, nesta manhã, as entregas prioritárias no ponto de distribuição na Agência de Desenvolvimento Local (ADL/Cajual), localizada na rua 1º de Maio, Morro da Liberdade. Ela conversou com várias famílias, levando solidariedade e tranquilizando as vítimas quanto ao auxílio prestado pelo município.

“Esse é o segundo dia em que as famílias cadastradas recebem os donativos. Desde a primeira noite do acidente, a prefeitura está acompanhando e triando a realidade de cada pessoa, cada família. Todas elas, as que estão em abrigo ou hospedadas em casa de famílias e amigos, estão recebendo total atenção das nossas equipes”, destacou a presidente.

Valeiko ressaltou, ainda, que a prefeitura está integrada para atender a todos os necessitados. “Além das doações que estamos entregando, várias secretarias da prefeitura estão presentes para atender todas as demandas que aparecem”, disse.

O posto de distribuição do Cajual é exclusivo para as famílias atingidas pelo incêndio. Das 852 famílias cadastradas pela Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), até esta sexta-feira, 584 foram identificadas entre as vítimas que estão em casas de conhecidos e, dessas, 356 foram atendidas só no primeiro dia de ação, além de outras 63 famílias atendidas até o final desta manhã.

O artista plástico, Carlos Fábio de Souza Lima, 43, sente-se muito grato por toda ajuda que vem recebendo. “Eu morava com, praticamente, toda minha família. Éramos 21 pessoas em cinco casas. Hoje estamos em abrigos diferentes, mas graças a Deus todos com vida. É muito difícil lembrar aquela noite, mas ações como essa nos trazem conforto. Eu quero agradecer aqui todo mudo que está ajudando, principalmente a prefeitura”, comentou.

Além do Fundo Manaus Solidária e da Semasc, participam da ação no local a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), Defesa Civil e Guarda Municipal.

A presidente do Manaus Solidária também visitou a Igreja de Deus Pentecostal do Brasil – IDPB, onde estão abrigadas 134 pessoas, que são acompanhadas por membros da igreja e profissionais da Semsa. “O mais significativo aqui no abrigo é a organização deles para o gerenciamento de crise. Eles têm uma experiência com os refugiados e estão acolhendo muito bem nossos irmãos do Educandos”, concluiu Elisabeth Valeiko.