Amazonas – Na noite da última quarta-feira (9), a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM) emitiu uma nota em que esclareceu fatos sobre a evolução de óbitos por Covid-19 no Amazonas e contestou as alegações do pesquisador Jesem Douglas Orellana, divulgadas na imprensa. A nota comprovou com dados de séries históricas que não houve uma aceleração mortes por Covid-19 ou por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), como alegava o pesquisador.

A FVS-AM também repudiou a postura desrespeitosa do pesquisador em relação à seriedade da Fundação e afirmou que as declarações de Jesem não refletem a isenção dos seus pares pesquisadores da Fiocruz. 

Confira a nota na íntegra: