Fé e solidariedade motivam vítimas do incêndio em Educandos - Portal CM7 - Notícias de Manaus e Amazonas
Manaus - Amazonas - 12:37
20 de Maio de 2019

CAMPANHA MAIO AMARELO DETRAN - SECOM


Fé e solidariedade motivam vítimas do incêndio em Educandos


Manaus – Sete dias após perder tudo no incêndio ocorrido no bairro Educandos, zona Sul, na última segunda-feira, 17/12, a família da dona de casa Eliete Leal Bruce tenta se reerguer. Ela morava com o marido, dois filhos e uma neta, há 23 anos, em um dos imóveis que foram destruídos pelas chamas.

Vivendo nestes últimos dias em um espaço cedido pela Igreja de Deus Pentecostal do Brasil (IDPB), um dos cinco abrigos que está recebendo mantimentos da Prefeitura de Manaus, a dona casa contou que no momento do incêndio estava na igreja ensaiando para uma apresentação no coral de Natal.

“Por sorte não tinha ninguém na casa, eu estava na igreja e meu marido, que está desempregado, nesta noite estava fazendo um bico. Logo após começar o fogo meu filho veio correndo me avisar e meus irmãos da igreja ajudaram. Ainda conseguimos entrar na casa, no meio das chamas para tentar salvar alguma coisa, mas a maioria dos novos móveis foram perdidos”, contou Eliete.

Mesmo diante da situação de calamidade, tendo que dividir um quarto com outras pessoas, a dona de casa sorri quando fala das doações que vem recebendo. Ajuda não só material, como fralda e brinquedos para a neta, utensílios domésticos, roupas, material de higiene pessoal, mas também ajuda psicológica, carinho e atenção.

“Tem gente que vem aqui apenas para conversar conosco, dar um abraço, fazer uma oração. Os irmãos da igreja também têm estado conosco a todo momento. Isso nos dá um fôlego e uma esperança tão grande, pois percebemos o quanto somos importantes aos olhos dos outros”, relatou Eliete.

Acompanhada do marido, Gelso Bruce, a expectativa da família da dona de casa agora será organizar as doações recebidas para se estabelecer em um novo local. “Toda cidade se mobilizou para nos ajudar. Recebemos doações de vários bairros. Nos sentimos valorizados. Agora é seguir em frente em um novo local. Mesmo diante de toda essa situação, vamos fazer nossa apresentação no coral de Natal. Estaremos no dia 25 celebrando esse momento tão importante, cantando com alegria e gratidão”, afirmou confiante.

Acolhimento

Um dos responsáveis pelo espaço de acolhimento do IDPB, o pastor Agostinho Macieira, destacou que no local estão abrigadas 134 pessoas, mas a casa também está prestando apoio com alimentação para outras famílias da redondeza que estão abrigadas na casa de vizinhos e parentes.

“Estamos gratos a toda sociedade, recebemos muitas doações. A prefeitura também tem nos dado apoio para que possamos atender a todo esse público. Agora, já estamos nos organizando para que essas doações sejam suficientes com o passar do tempo, para que daqui a 15 dias não falte nada”, ressaltou o pastor.

Para o secretário municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), Dante Souza, as primeiras ações emergenciais já foram tomadas. Agora, está sendo feito o serviço de triagem para identificar as famílias do incêndio que receberão outros benefícios, como o auxílio-aluguel.

“Todos os abrigos estão abastecidos com água, comida, roupas, dentre outros itens. A cada hora vem uma equipe da nossa secretaria verificar alguma necessidade que eles estejam. Já as famílias que estão em casas de parentes estão sendo contatadas por telefone para buscarem suas doações”, explicou o secretário.

Para essas famílias que estão em casas de amigos ou familiares, o local de distribuição de donativos está localizado na Agência de Desenvolvimento Local (ADL/Cajual), que fica no Morro da Liberdade.

Deixe seu like:

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA