O ex-procurador de Justiça Vicente Cruz, acusado de em 2006 mandar matar o hoje ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Mauro Campbell, foi absolvido em julgamento.

A sessão, que iniciou na manhã desta segunda-feira (6), teve duração de dez horas e terminou pro volta das 19h40.

O julgamento só aconteceu 11 anos após o ocorrido, depois de muitos recursos na Justiça. Outros quatro réus, Lenilson Braga da Silva, Osvaldo Silva Bentes,
Jane da Silva Santos e Maria José Dantas da Silva já haviam sido julgados e condenados a penas que variam de 12 a 16 anos de prisão.

Ao final do julgamento, o promotor Igor Starling Peixoto disse que vai aguardar o prazo recursal e analisar a possibilidade de recorrer da decisão.