Manaus – Uma das pontes mais tradicionais de Manaus está correndo risco de desabar, e por isso será interditada a partir da meia-noite desta quinta-feira (17). Por causa de problemas estruturais, a ponte Antônio Plácido de Souza, construída em 1975 terá sua interdição completa no dia 30 de maio, por enquanto, apenas veículos de grande porte estão proibidos de trafegar.

A decisão é do juiz Paulo Fernando de Britto Feitoza, titular da 1ª Vara da Fazenda Pública Municipal e de Crimes contra a Ordem Tributária. Conforme a determinação, o local permanecerá fechado até que o Município faça a recuperação da estrutura.

Se a decisão for descumprida, a multa para o município será de R$1 milhão.

A prefeitura informou que, até a tarde desta quarta-feira (16), ainda não tinha sido notificada da decisão.

A ponte liga as ruas Delcídio do Amaral, no Educandos, à rua Quintino Bocaiúva, no Centro da cidade.

Não podem trafegar pelo local, a partir de meia-noite desta quinta-feira (17):

  • ônibus;
  • micro-ônibus;
  • caminhões;
  • caminhões trator;
  • trator misto;
  • chassi-plataforma;
  • motor-casa;
  • reboque ou semirreboque e suas combinações.

A partir de meia-noite de 30 de maio, a interdição passará a abranger, também, o trânsito de pessoas e de veículos de qualquer porte e classificação, até o cumprimento integral da recuperação da ponte pela prefeitura.