Manaus- A Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas aprovou com 23 votos a favor e uma abstenção, nesta terça-feira, 26, após suspensão de duas sessões plenárias e horas de discussões, a Lei Orçamentária de 2018 que prevê uma receita em torno de R$ 15,4 bilhões.

As bancadas se reuniram, porém não chegaram a um consenso sobre as emendas para a segurança e que contemplam a promoção de policiais, auxilio-fardamento e pagamento de escalonamento. E os deputados da base do Governo disseram que vão contestar na justiça a aprovação da emenda.

Durante a sessão foi aprovada também a redação final de seis projetos de lei de interesse do MP-AM, além do projeto em que a Aleam autoriza o governo do Estado a renegociar empréstimos contraídos por gestões anteriores junto ao BNDES.