Amazonas – A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) decidiu investigar dois casos de estupro de crianças ocorridos no município de Maués, interior do Amazonas. As vítimas seriam uma menina de 11 anos e um garoto de 4 anos de idade.

A menina era estuprada pelo padrasto desde os 10 anos, e além de ser abusada sexualmente, era também agredida pelo homem, de acordo com informações do conselheiro tutelar Vandeval Moreira. Ela já estava com 4 meses quando descobriu estar gestante. A vítima passa por uma gravidez de risco e recebe apoio especializado.

A família do menino de 4 anos descobriu os abusos quando ele reclamou de dores nas partes íntimas que, ao ser examinado, foi constatado uma Doença Sexualmente Transmissível (DST). Em seguida, a vítima revelou que havia sido abusado pelo próprio pai.

A 48ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Maués investiga o caso.