Manaus 27º
terça-feira - 14 de dezembro de 2021

Humildade: ministro André Mendonça lava os pés dos novos diáconos evangelistas

Compartilhe
Humildade: ministro André Mendonça lava os pés dos novos diáconos evangelistas

Manaus – Na última segunda-feira (13/12), durante o Culto Administrativo Anual e Reunião da Assembleia Geral Ordinária da IEADAM (Igreja Evangélica Assembleia de Deus no Amazonas) que ordenou novos diáconos, o novo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) André Mendonça lavou os pés dos cristãos que estavam sendo apresentados ao Ministério.

O pastor Jonatas Câmara e o deputado Silas Câmara também participaram do gesto, que consagrou os novos diáconos e diaconisas.

Reação

O gesto foi muito comentado entre os presentes, que se emocionaram com o ato.

“O ministro do STF André Mendonça no nosso culto no Canaã, nos deu um exemplo de servo tratado e humilde, obediente e simples… Lavou os pés de alguns novos diáconos apresentados ao ministério… O problema não é o que temos, mas sim o que somos. Vamos aprender com o ministro do Supremo Tribunal Federal a não perder a essência de servo humilde”, citou um cristão que presenciou o ato.

Agradecimento a Deus 

O evento também marcou a volta de André Mendonça à cidade Manaus, que já havia congregado no dia 27 outubro de 2021 no auditório Canaã em visita com o presidente da República Jair Bolsonaro – àquela época ainda como indicado, Mendonça vivia a ansiedade causada pelos conflitos da postergação do presidente da CCJ no senado não marcar sua sabatina e ainda uma militância da esquerda de senadores que buscavam barrar sua indicação, além da ausência de apoio dos colegas ministros do STF.

Agora, após a vitória na sabatina, o novo ministro voltou à Manaus para agradecer a Deus a recordar a toda corrente de orações que foram movidas até a conquista do cargo em que irá exercer a vocação de ministro do Supremo Tribunal Federal e cuja cerimônia de nomeação está marcada para o dia 16 de dezembro.

Ao ministrar a palavra, o ministro também refletiu sobre se manter servo e humildade, mesmo em um grande cargo e também sobre manter sua fé ardente mesmo sobre as pressões seculares e estéreis de vida espiritual. O ministro citou Gênesis 25, sobre a passagem de Esaú e o prato de Lentilhas. Parafraseando: “Não vou trocar a minha primogenitura por um simples prato de lentilhas”, disse o ministro Mendonça, assumindo seu compromisso com a Fé em Cristo acima das pressões sociais.

 

Deixe seu comentário