Governo do Amazonas realiza Fórum Amazonense de Petróleo e Gás Natural

Por Bruno Almeida em 10 de maio de 2022 às 10:11 | Atualizado 10 de maio de 2022 às 10:11

Amazonas – Com o objetivo de ordenar, articular e apoiar as ações das organizações que atuam no setor, visando desenvolver a cadeia de valor de petróleo e gás natural, o Governo do Amazonas realiza o Fórum Amazonense de Petróleo e Gás Natural, no dia 10 de maio de 2022 (terça-feira), às 9h, no auditório Arivaldo Fontes do Senai, localizado na Avenida Rodrigo Otávio, 2394, Distrito Industrial I, zona sul de Manaus.

A iniciativa busca a melhoria das condições de competitividade da indústria, aumento efetivo do índice de conteúdo local nos empreendimentos e operações da cadeia produtiva de petróleo e gás e propor as estratégias de desenvolvimento, além de mapear e divulgar as demandas regionais na carteira de investimentos e operações da cadeia produtiva de petróleo e gás.

O secretário executivo de Mineração, Energia, Petróleo e Gás (Semep), da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia (Sedecti), Marco Antonio Villela, reforça que o Fórum Amazonense de Petróleo e Gás Natural será realizado em parceria com a Federação das Indústrias (Fieam), com empresas do setor de petróleo e gás, academias, Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), entre outras entidades.

“Vamos todos trabalhar em conjunto para ordenar e articular a cadeia de petróleo e gás no Estado nas aéreas de serviços e da indústria, porque essa é uma área muito grande e tem todo um sistema que funciona ao redor. Então, a ideia é agregar a isso de forma organizada e o Fórum vai juntar esses parceiros que são as empresas que atuam diretamente na área, além das demais entidades, para que possamos fortalecer toda a cadeia produtiva de petróleo e gás no Estado”, explica.

Fórum Amazonense – O Governo do Amazonas irá instalar o Fórum Amazonense de Petróleo e Gás Natural, que é fruto de uma demanda a partir da última reunião do Programa de Revitalização das Atividades de Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural em Áreas Terrestres – Mesa REATE, que aconteceu em setembro do ano passado em Manaus. O evento é promovido pelo Ministério de Minas e Energia.

“O Fórum vai ajudar muito e servirá como uma grande ferramenta para o setor de petróleo e gás. O Fórum é fundamental porque a ideia é desenvolver toda a cadeia produtiva, e, desenvolvendo a cadeia produtiva, poderemos trazer fabricantes de peças para cá, fornecedores ligados à indústria de petróleo e gás, importadores, área de serviços como hotelaria, área de incentivo voltada para a capacitação de profissionais e treinamentos de equipes já que trazemos muito profissionais de fora. Essa capacitação vai ser muito bem trabalhada e por isso estamos trazendo as academias e universidades, o que vai gerar emprego para o Amazonas”, aponta o secretário Marco Antonio Villela.

Outras frentes – Além de ordenar a cadeia de petróleo e gás do Amazonas, o Fórum Amazonense de Petróleo e Gás Natural também irá incentivar o fornecimento de bens e serviços pela indústria local, face aos investimentos e operações regionais da cadeia produtiva de petróleo e gás.

A iniciativa também visa estimular empresas nacionais a incorporar processos inovadores, inserir pequenas e microempresas na cadeia produtiva de petróleo e gás e promover o relacionamento entre os órgãos governamentais, formuladores de políticas e programas, e as demais instituições que atuam na cadeia produtiva de petróleo e gás.

Outra missão dada ao Fórum é de incorporar e acompanhar as atividades estabelecidas no Mesa Reate Amazonas.